Loja virtual para adolescentes: aprenda como conquistá-los

Tempo de leitura: 6 minutos

Estudos comprovam que os gastos online realizados por adolescentes brasileiros somam aproximadamente 25 milhões de reais. Esse não é um dado qualquer. Significa que, enquanto muitos falam sobre crise financeira, há todo um grande mercado ainda não totalmente explorado.

Para que sua loja virtual consiga atingir esses consumidores, você precisa ativar estratégias um pouco diferentes das utilizadas para conquistar clientes adultos.

Neste post, vamos mostrar como!

Segmente apropriadamente para acompanhar a velocidade das mudanças dos adolescentes

Os anos de juventude são fortemente marcados por profundas mudanças que ocorrem em curtos espaços de tempo. Pense nisso: embora há apenas alguns anos de diferença, adolescentes de 13 anos são muito diferentes daqueles de 16, que, por sua vez, são distintos dos jovens de 19 anos de idade.

Porém, nos habituamos a agrupar todos em uma única categoria definida por faixa etária e os chamamos de “adolescentes”. Esteja ciente disso quando for delimitar quais clientes você busca atrair e o que fará para conseguir isso — será preciso identificar para quem você está direcionando seus produtos e personalizar sua mensagem especificamente para eles.

Essa necessidade remonta aos elementos mais básicos do marketing: não segmente seu público com base em dados demográficos simples, e sim nos benefícios que podem ser oferecidos aos seus clientes.

Cada etapa desse processo oferece um mercado enorme e receptivo, mas que deve ser cuidadosamente delineado para que se possa reconhecer, com a maior exatidão possível, quem são e o que lhes interessa.

Ofereça um lugar no qual os adolescentes possam ser ouvidos

Lembre-se de quando você era adolescente e como você se sentia sobre as questões que afetavam sua vida: o relacionamento com os pais e os professores, as tendências da moda, suas músicas favoritas etc. As opiniões dos jovens são muito fortes e, nesse sentido, sempre buscam duas coisas: oportunidades de expressar seus pontos de vista e pessoas que compartilhem de suas ideias.

Os websites que abrem espaço para que os adolescentes sejam ouvidos e que oferecem um lugar para o jovem fazer parte são mais propensos a serem bem recebidos por esse público. Para colocar isso em prática, você pode criar um fórum em sua loja virtual e estimulá-los a fornecerem feedbacks para o site e uns aos outros.

Seja qual for a estratégia adotada, jamais tente forçar produtos ou impor ideias: apenas seja “legal” e deixe-os decidir.

Fortaleça sua marca junto ao público jovem

Nesse ponto, os adolescentes não diferem muito dos adultos. Mantenha sua imagem forte em várias mídias além da internet, e os jovens responderão positivamente.

Se você possui uma marca tradicional e está tentando adicionar a ela um foco jovem, considere iniciar uma estratégia de branding mais contemporânea. Ou então, conecte-se a marcas que já tenham construído uma imagem mais ligada ao público adolescente para realizar alguma promoção ou atividades pontuais.

Seja relevante

Depois de segmentar adequadamente seu público-alvo, certifique-se de que seu conteúdo seja relevante para a vida dos adolescentes. Não tente iniciar um chat em sua loja virtual sobre o mercado de ações ou as últimas tendências em móveis para escritórios, se o seu consumidor ideal é um jovem de 14 anos.

Faça todo o possível para conhecer os clientes: leia suas revistas, saiba quais celebridades os adolescentes mais gostam (atenção: isso muda rapidamente), entenda o que os delicia e o que os enfurece e preencha seu site com esses elementos.



Crie uma loja virtual descomplicada por apenas R$ 20/mês

Utilize a linguagem apropriada

A linguagem utilizada em sua loja virtual, blog e redes sociais não precisa ser uma cópia exata da forma pela qual um adolescente fala ou escreve na internet. Todavia, você deve estar ciente dos padrões frasais utilizados pelos seus clientes para que sua comunicação não lhes pareça desatualizada.

A utilização da linguagem apropriada garantirá com que sua mensagem chegue aos adolescentes, evitando que sua loja virtual falhe justamente naquilo que é fundamental: uma boa comunicação com os consumidores.

Como fazer isso? Pergunte. Se você não possui os fundos necessários para bancar um aprofundado estudo formal, então pode tentar falar com alguns adolescentes que você, seus familiares ou amigos tenham contato. Exponha suas ideias a eles e pergunte se as consideram boas ou ruins.

Atualize diariamente a sua loja virtual

Lembra-se de como os seus gostos eram passageiros quando você era adolescente? Como um melhor amigo se tornava um ex-amigo e depois o melhor amigo novamente, tudo em um mesmo dia? Os adolescentes anseiam por novidades, inovações e atualidades.

Se você não atualizar sua loja virtual com frequência, ela correrá o risco de ser considerada obsoleta. Portanto, tente se antecipar ao fluxo dos acontecimentos e sempre postar novos recursos, fotos, anúncios e, se possível, ofertas diárias.

Responda aos e-mails rapidamente — os adolescentes voltarão sempre para ver as últimas atualizações, desenvolvimentos e ficarão agradavelmente surpresos ao receber retornos ágeis e personalizados às suas comunicações com a loja virtual.

Aja sempre com honestidade e integridade

Não tente fazer do seu produto algo que ele não é. Essa geração de jovens tem sido alvo de campanhas publicitárias e ações de marketing desde o nascimento e é muito experiente para ser enganada facilmente.

Por outro lado, não suponha que eles sejam apáticos e desinteressados de tudo à sua volta. Esse é um velho e bobo preconceito que só reflete um certo conflito de gerações e uma ideia difundida por pessoas que não realizaram nenhuma análise séria a respeito da juventude atual.

De qualquer forma, os adolescentes não se mostram refratários às mensagens do marketing em si — apenas rejeitam conteúdos que consideram (para usar uma expressão jovem) “não acrescentar nada às suas vidas”.

Trabalhar com o público jovem pode ser algo divertido, gratificante e muito lucrativo, se bem feito. Para atingir esses objetivos, algumas medidas de segurança devem ser aplicadas e levadas a sério.

A maioria dos adolescentes não possui recursos financeiros como os adultos e nem age com a mesma prudência quando se trata de gastar dinheiro. Dessa forma, use métodos de pagamentos seguros e respeite a confidencialidade das informações fornecidas pelos clientes — isso só trará benefícios para você e sua loja virtual.

Gostou do post? Agora que você já viu como atingir o público jovem, que tal saber tudo o que precisa para ter sucesso em vendas online para a terceira idade?



Crie uma loja virtual descomplicada por apenas R$ 20/mês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *