O guia definitivo de marketing digital para loja virtual

Tempo de leitura: 18 minutos

O marketing digital é uma poderosa ferramenta de vendas e fidelização de clientes. E se você tem uma loja virtual, utilizar essa estratégia e os seus canais é primordial para conquistar o sucesso.

No entanto, muito se fala sobre o assunto, mas poucas pessoas realmente compreendem como definir as ações mais efetivas e investir tempo e dinheiro no que realmente tem potencial de retorno.

Afinal, de nada adianta apostar no marketing digital se o foco não for certeiro e você não obtiver mais visibilidade e vendas para a sua loja, certo?

Quer saber como potencializar os seus resultados com o marketing digital? Então, não deixe de ler o nosso guia e ficar por dentro de tudo o que você precisa saber sobre o tema!

1. Entenda o que é marketing digital

Antes de aprender como desenvolver um planejamento de marketing digital e definir as ações adequadas para a sua loja, é importante que alguns conceitos estejam muito claros:

1.1. O que é marketing digital?

O marketing digital nada mais é do que um conjunto de ações que podem ser executadas por uma empresa ou pessoa com o objetivo de potencializar os negócios, estreitar relacionamentos ou criar e fixar uma identidade na internet.

Apesar de parecer uma atividade bastante específica, o marketing digital nada mais é do que uma adaptação das ferramentas do marketing tradicional para canais como redes sociais, e-mail, sites, entre outros.

1.2. Para que serve o marketing digital?

As ações de marketing digital podem atender a diferentes objetivos da sua loja. É possível, por exemplo, impactar um maior número de pessoas por meio de divulgações na internet, atrair novos clientes, fidelizar os consumidores atuais e, até mesmo, otimizar o processo de atendimento.

Tudo vai depender das necessidades e metas do seu negócio e do perfil dos clientes para, a partir disso, você selecionar os canais e as estratégias adequados para que seja possível gerar mais resultados com o marketing digital.

1.3. A diferença entre o marketing digital e o tradicional

Mas por que será que tanto se fala de marketing digital nos últimos tempos? Ele realmente é tão bom assim?

Esse fenômeno está acontecendo por causa da mudança de comportamento do consumidor. Provavelmente, você mesmo já utiliza a internet e as ferramentas delas para pesquisar sobre marcas, encontrar novos produtos e avaliar opiniões de outros clientes.

A difusão da internet tornou possível ao consumidor o acesso a toda a informação de que ele precisa para tomar uma decisão de compra. E esse cenário fez com que ele ficasse mais exigente e consciente.

Se, antes, era aceitável que apenas a marca falasse e o consumidor ouvisse, nos dias de hoje, a comunicação precisa ser uma via de duas mãos. Os clientes querem expressar as suas ideias, participar dos processos das empresas e ser ouvidos.

E é por isso que o marketing digital ganhou tanto destaque. As redes sociais e as demais ferramentas disponíveis na internet permitem justamente que os consumidores interajam com as marcas e com outras pessoas que possuem interesses em comum.



Crie uma loja virtual descomplicada por apenas R$ 20/mês

2. Saiba quais são as vantagens do marketing digital

Agora que você sabe exatamente o que é o marketing digital, provavelmente já deve estar começando a imaginar quais são as vantagens dele e o que essa ferramenta pode agregar para a sua loja virtual.

A seguir, vamos explicar melhor quais os benefícios e os potenciais das estratégias de marketing digital:

2.1. Descubra quem são e onde estão os seus clientes

Será que você realmente conhece os seus clientes?

Normalmente, temos o costume de acreditar que o público da nossa loja pensa e gosta das mesmas coisas que nós. Esse é um erro bastante comum, mas que pode afetar negativamente os negócios.

Você só saberá quem é o público da sua loja virtual se observar essas pessoas e analisar dados e informações sobre elas. E o marketing digital dispõe de excelentes ferramentas para isso.

É possível entender sobre dados de compra e acesso à sua loja e até mesmo sobre dias e horários de maior fluxo de usuários. Além disso, você pode tirar muitas informações dos comentários a respeito dos produtos vendidos e de seus concorrentes.

Todas essas informações serão extremamente valiosas no momento de definir as estratégias e ser mais efetivo para alcançar resultados.

2.2. Converse com quem interessa

Outra grande vantagem do marketing digital é que, além de conhecer a fundo os anseios e os desejos dos seus clientes, você tem a oportunidade de impactá-los na hora e no local certos.

As pessoas que compram na sua loja possuem um perfil muito específico? Melhor ainda! As redes sociais, o e-mail marketing e as campanhas do Google, por exemplo, permitem que você segmente e direcione a mensagem mais adequada para o grupo certo de pessoas.

Esse é um benefício que você não consegue encontrar no marketing tradicional. Mesmo quando anunciamos em uma revista especializada, por exemplo, não há garantia de que ela será lida pelas pessoas que realmente interessam para a sua loja.

2.3. Monitore os resultados e aprenda

Não é fácil conseguir dinheiro para investir em marketing, principalmente se o retorno insiste em ficar abaixo do esperado. Essa é uma situação que pode ser facilmente evitada com o marketing digital.

Como tudo na internet é mensurável, você consegue acompanhar o resultado de campanhas em tempo real e tomar decisões rápidas para extrair o máximo de cada estratégia.

Esse benefício ajuda não apenas a maximizar os resultados, como também evita que você descubra que uma ação está inadequada para a sua loja só quando for tarde demais para reverter o cenário.

2.4. Ultrapasse fronteiras

Você mora em uma cidade do interior ou está em São Paulo e gostaria de vender também para o público do Rio de Janeiro?

Imagine como seria difícil divulgar a sua loja em outros estados e, por que não, países apenas com o marketing tradicional?

A internet não tem barreiras, e isso pode ser incrível para movimentar os negócios: afinal, o alcance do produto que você oferece pode ser muito maior do que é atualmente.

3. Saiba como aplicar marketing digital na loja virtual

Está convencido de que já passou da hora de usar o marketing digital a favor da sua loja virtual? Então, chegou o momento de descobrir como transformar o potencial dessa ferramenta em resultados concretos para o seu negócio!

3.1. Comece do princípio

Sair em desespero criando páginas para a sua loja em todas as redes sociais e disparando milhares de e-mails não fará com que você recupere o tempo perdido. Pelo contrário, executar ações sem um planejamento só vai prejudicar o crescimento do negócio.

Por isso, antes de colocar a “mão na massa”, é preciso analisar o momento atual da sua loja e estudar o mercado e os concorrentes.

Entenda quais os resultados que as ações atuais estão trazendo, defina quem são os clientes ideais da sua empresa e trace metas e objetivos claros e realistas.

Aqui, também é importante criar um cronograma, prever orçamentos e definir responsáveis por atividades. Desse modo, você vai evitar que ações importantes sejam deixadas de lado e, até mesmo, que surjam surpresas desagradáveis ao longo do caminho.

3.2. Mantenha o foco

Como falamos no tópico anterior, estabelecer uma presença em absolutamente todos os canais digitais está longe de ser uma estratégia efetiva e bem desenhada.

Quantidade não é qualidade. Por isso, você precisa manter o foco e priorizar ações e investimentos.

Com o planejamento, será possível entender quais são os canais mais utilizados pelo público da sua loja e onde faz mais sentido investir. Priorize o que realmente pode trazer resultados para o seu negócio e evite a tentação de cair em modismos só para não ficar de fora da nova grande tendência digital.

3.3. Estabeleça uma comunicação aberta e de confiança

Estar presente na internet significa ser observado a todo momento. E isso pode ser uma coisa muito boa, desde que você mantenha uma comunicação transparente com os seus clientes.

Não é preciso ter medo de críticas e reclamações se você estiver aberto e preparado para apresentar soluções rápidas e benéficas para todos os envolvidos.

Mostre para os seus clientes que eles podem confiar em você e utilize os feedbacks negativos como aprendizado para o crescimento e melhoria. Afinal, quem está aberto a aprender sempre tem mais chances de se destacar.

3.4. Assuma uma posição de referência

Todo mundo tem um problema ou um desejo que precisa ser resolvido. Por que não ajudar os seus clientes com essas questões compartilhando o seu conhecimento?

Se a sua loja virtual vende objetos de decoração, por exemplo, você pode usar o marketing digital para oferecer dicas de design e comentar as próximas grandes tendências da área.

Faça isso criando um blog para a sua loja ou, até mesmo, um canal no YouTube. O importante é oferecer conteúdo realmente relevante e exclusivo para os seus clientes e, assim, tornar-se uma referência no seu segmento.

3.5. Avalie os erros e acertos com frequência

Como dissemos, uma das grandes vantagens do marketing digital é a possibilidade de mensurar e acompanhar os resultados das ações em tempo real.

Muito mais do que um benefício, no entanto, essa é uma atitude que precisa ser constante para que você entenda quais são as estratégias que realmente trazem resultados e aquelas que precisam ser revistas ou descontinuadas.

Além do aprendizado valioso que o monitoramento de resultados traz, você tem a possibilidade de otimizar os investimentos e conseguir mais retorno sem a necessidade de aumentar o seu orçamento.

4. Evite 6 erros do marketing digital

Mesmo já sabendo das dicas que demos anteriormente para inserir a sua loja virtual no marketing digital e aumentar os resultados, ainda é preciso tomar cuidado para não cometer os mesmos erros comuns de muitas empresas.

Veja quais são eles a seguir:



Crie uma loja virtual descomplicada por apenas R$ 20/mês

4.1. Não definir personas

Esse é um conceito e uma estratégia muito importante do marketing digital. As personas são perfis semifictícios que representam o cliente ideal da sua loja virtual.

Muito mais aprofundadas do que o público-alvo, as personas dizem quem são as pessoas com as quais a sua loja precisa se comunicar, que problemas elas precisam sanar e como elas utilizam as ferramentas digitais para entretenimento e consumo.

Não ter a clareza de quem são as personas da sua loja fará com que você foque em estratégias pouco eficientes e perca um tempo valioso com esforços em lugares que jamais trarão retorno.

Afinal, de nada adianta executar ações incríveis se você estiver falando com as pessoas erradas.

4.2. Não usar o conteúdo ao seu favor

Você já presenciou a desagradável sensação de ter que passar horas ao lado de uma pessoa que só fala dela mesma?

Saiba que isso também é muito negativo para empresas que acreditam que basta falar do quão bom são os seus produtos para que os clientes queiram comprá-los.

Investir em conteúdo exclusivo e relevante para as personas da sua loja é uma das bases do marketing digital. Sem isso, você com certeza cairá na “vala comum” da internet e dificilmente conseguirá se diferenciar dos concorrentes.

4.3. Não definir métricas focadas no resultado

Vamos ser honestos, medir a quantidade de comentários ou de seguidores da página da sua loja nas redes sociais só fará com que a sua vaidade seja massageada.

Apesar de ser uma métrica muito comum no universo digital, esse tipo de indicador diz pouco ou quase nada a respeito da efetividade das estratégias.

Para entender se os esforços realmente estão valendo a pena e trazendo os resultados necessários, é preciso definir métricas que possibilitem detectar se as vendas aumentaram, os clientes estão mais satisfeitos ou se a sua loja é mais reconhecida.

Por isso, fuja do comum e comece a acompanhar dados, como a quantidade de novos contatos na sua loja, as maiores fontes de vendas e o nível de satisfação dos clientes.

4.4. Não prestar atenção na otimização da loja

Se as pessoas não chegarem até a sua loja virtual, elas jamais se tornarão clientes, certo?

Para isso, além das campanhas e demais estratégias digitais, é preciso pensar e ficar atento à otimização do site.

Isso significa que você precisa manter a loja atualizada e pensar nos descritivos dos produtos de forma com que eles abordem os termos utilizados pelas personas.

Ou seja, se os seus clientes costumam buscar o termo “creme para os cabelos” no Google, você perderá diversas oportunidades se utilizar apenas “leave-in” nos títulos e informações dos produtos.

Criar e manter um blog atualizado também pode te ajudar muito nessa tarefa! Com ele, é possível oferecer o tão importante conteúdo e ainda fazer com que as pessoas retornem para a sua loja por mais vezes, aumentando o potencial de vendas.

4.5. Não criar a sua própria base

Está pensando em comprar uma lista de e-mails para começar a sua estratégia de marketing digital? A menos que você esteja disposto a investir mal um dinheiro, esse não é o caminho mais adequado para tomar.

Pense que as pessoas dessa lista provavelmente nunca ouviram falar da sua loja e, o pior de tudo, não autorizaram o contato para receber informações sobre ela. Além de prejudicar a entrega das peças, esse tipo de atitude pode acabar com a reputação da sua marca.

Por que não começar a criar a sua própria base? Ofereça a opção de os clientes se cadastrarem em uma newsletter e divulgue materiais interessantes, como e-books, para que as próprias pessoas ofereçam os dados a você.

4.6. Não entender a jornada de compra

Pode acontecer de um cliente em potencial acessar a sua loja mais de uma vez e não realizar nenhuma compra. Isso não significa necessariamente que aquela pessoa não estava interessada ou que você está no caminho errado, mas, sim, que a jornada de compra precisa ser melhor estudada.

Uma pessoa passa por diversos estágios até efetivamente comprar de uma marca. Ela começa identificando um problema ou necessidade para, depois, pesquisar as opções e tomar uma decisão.

Entender esse processo permitirá que você determine estratégias e comunicações diferentes para cada etapa da jornada de compra, fazendo com que o cliente siga em frente e, quando estiver pronto, lembre-se da sua loja e termine o processo.

Ainda vale lembrar que também não é só por que o cliente comprou que o trabalho chegou ao fim. Fidelizar clientes e investir em um pós-compra de qualidade pode elevar o patamar de lucro da sua empresa, afinal, é muito mais barato manter o relacionamento com clientes atuais do que conquistar novos.

5. Esclareça 3 mitos do marketing digital

Mídias sociais não funcionam como canais de venda. Investir em bom conteúdo fará a sua loja decolar automaticamente. Você precisa sempre aparecer em primeira posição nos anúncios do Google.

Será que essas afirmações realmente são verdadeiras ou não passam de mitos do marketing digital?

5.1. Mídias sociais não geram vendas

Ainda há muita gente que diga que as mídias sociais são excelentes canais de relacionamento com clientes e construção de marcas. Mas, quando o assunto é aumentar as vendas, elas dificilmente corresponderão às expectativas.

Será que isso realmente é um fato?

Pode ser que, há alguns anos, fosse. Porém, esses canais evoluíram tanto que, atualmente, oferecem uma série de ferramentas e oportunidades para converter interessados em clientes.

O Facebook, por exemplo, não apenas permite que você crie campanhas para divulgar a sua loja, como recentemente lançou o “catálogo de produtos”, ferramenta totalmente focada em vendas.

A rede social, ainda, possui opções de campanhas de remarketing, ou seja, que possibilitam impactar novamente as pessoas que entraram na sua loja e não compraram.

Ou seja, se utilizadas da maneira correta, as mídias sociais podem se tornar, sim, ótimas estratégias de vendas!

5.2. Conteúdo bom é autossuficiente

Falamos bastante aqui em nosso guia da importância de investir em conteúdo para posicionar a sua loja como referência no segmento e, dessa forma, atrair mais clientes naturalmente.

Mas será que apenas isso basta?

Pense que de nada adianta produzir posts e materiais incríveis se ninguém jamais ficar sabendo que eles existem. Por isso, a receita para o sucesso precisa envolver um ótimo conteúdo e muita divulgação.

Quanto mais as pessoas compartilharem os posts do seu blog, por exemplo, maior será a relevância deles no Google e, consequentemente, também a da sua loja.

Por isso, nada de escrever os textos e ficar de braços cruzados esperando a magia acontecer sozinha.

5.3. É preciso aparecer sempre primeiro para ter resultados

É muito comum começarmos uma campanha no Google e acreditarmos que a nossa empresa precisa ser sempre a primeira a aparecer para que consigamos melhores resultados.

Mas saiba que isso não está nem perto de ser uma medida de sucesso, muito pelo contrário.

Existem duas variáreis muito importantes que precisam ser consideradas nesse caso. A primeira é que nem sempre os primeiros anúncios são os que geram mais vendas, uma vez que o cliente dificilmente vai comprar sem ao menos pesquisar um pouco mais sobre o assunto.

A segunda variável está relacionada às palavras-chave que você vai escolher para a sua campanha. Em vez de tentar ficar disputando espaço com termos muito concorridos, como “comprar móveis”, por que não focar em algum diferencial ou nicho?

Nesse sentido, poderia ser muito mais valioso investir nos termos “comprar móveis feitos à mão” ou “comprar móveis coloridos de madeira”. Assim, é possível conquistar grande relevância sem ficar apenas brigando com empresas que possuem maior poder de investimento do que você.

Chegamos ao fim do nosso guia de marketing digital para loja virtual. Se você seguir os nossos conselhos e dicas, certamente conseguirá explorar todo o potencial dessas ferramentas e potencializar as vendas da sua loja.

Não deixe de montar um planejamento focado nos objetivos e nas personas do seu negócio para, a partir daí, definir quais os caminhos e ações mais adequados.

Tenha paciência e dedicação para mensurar os resultados que você for obtendo e conseguir pensar em melhorias e oportunidades que possam ser mais interessantes para a sua loja.

Também tome cuidado para não cair em modismos ou acreditar em tudo o que falam por aí. Lembre-se de que nem sempre o que deu certo para o seu concorrente pode ser também o mais indicado para você.

E se ainda estiver com alguma dúvida sobre marketing digital, deixe um comentário aqui neste post. Nós teremos o maior prazer em te ajudar!



Crie uma loja virtual descomplicada por apenas R$ 20/mês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *