Aprenda aqui como cuidar da gestão financeira da sua loja virtual

Tempo de leitura: 6 minutos

Uma gestão financeira eficaz é essencial para manter o funcionamento e o crescimento do seu e-commerce. Ela envolve planejamento, organização, controle e monitoramento de seus recursos financeiros, de modo que os objetivos do seu negócio sejam alcançados.

O uso eficiente de suas finanças, o cumprimento de seus compromissos, o ganho de vantagem competitiva e a cultivação de um terreno sólido para sua estabilidade financeira. Tudo isso depende de como você vai gerir o seu e-commerce.

A gestão financeira, para muitos empreendedores, parece um bicho de sete cabeças. Na verdade, trata-se apenas de saber se organizar. Tudo pode ser bem facilitado se você seguir as nossas dicas abaixo. Confira!

1. Tenha um plano de negócios

Um plano de negócios é o documento que descreverá o seu empreendimento, objetivos, estratégias, o mercado no qual está inserido e fatores relacionados aos recursos financeiros.

Elaborar um plano estratégico claro e objetivo para o seu negócio ajudará a estabelecer o ponto de partida e o ponto de chegada, isto é, onde você está neste momento e onde deseja chegar nos próximos anos. É ele quem ditará a trajetória para o crescimento saudável do seu empreendimento.

Um bom plano deve conter detalhes de como você financiará o seu negócio e suas atividades, a quantia de dinheiro necessária para o investimento e a fonte desse recurso.

2. Conheça os seus custos diários detalhadamente

Do empreendedor individual àquela megacorporação. Conhecer o custo diário do seu negócio é como saber que você continua respirando e seu coração continua batendo.

Se a relação entre o faturamento bruto e o lucro líquido anual do seu negócio ditará o crescimento global da sua loja virtual, é o acompanhamento diário dos custos que mostrará os detalhes minuciosos. A partir deles, você terá como saber onde diminuir determinados gastos e até mesmo cortar despesas desnecessárias, de forma a otimizar sua estrutura financeira.

3. Monitore o fluxo de caixa

Este tópico está diretamente relacionado com o anterior. Além de conhecer seus custos diários, é importante que você monitore regularmente o progresso do seu negócio, isto é, de que forma está gerindo o fluxo de caixa.

Mantenha uma base diária de controle de quanto dinheiro você tem no banco e quantas vendas estão sendo concretizadas, por exemplo. Afinal, todo negócio precisa de dinheiro disponível para manter sua continuidade, pagar as contas e gerar mais dinheiro. Sim, dinheiro gera dinheiro!

Tendo esse controle, você saberá se o seu negócio está com o retorno previsto e quais pontos podem ser melhorados. E, também, uma boa gestão do fluxo de caixa avisará onde estão os problemas, para que possam ser corrigidos a tempo.

4. Mantenha seu estoque sob controle

Caso sua loja virtual seja de produtos físicos, um controle eficiente do seu estoque assegurará que você tenha a quantia certa de produtos disponíveis (nem em excesso, nem em falta), não tenha problemas com logística e não estagne capital de giro.

E quanto maior for a variedade de produtos de sua loja, maior a necessidade de um sistema de controle de estoque robusto e eficiente.

Além disso, você saberá quais produtos estão saindo mais, direcionando sua estratégia de marketing para maximizar seus lucros.



Crie uma loja virtual descomplicada por apenas R$ 20/mês

5. Tenha um fundo de emergência

Por mais que seu negócio esteja prosperando, crises financeiras vêm e vão. Mantenha um fundo reserva de emergência para cobrir eventuais despesas não contabilizadas ou não planejadas.

Também é fundamental que você mantenha em dia o pagamento dos seus fornecedores e funcionários, além de todas as demais contas. Caso não tenha dinheiro em caixa, talvez precise apelar para o fundo reserva.

Obviamente, o ideal é que todas as despesas sejam pagas com o dinheiro de caixa. No entanto, um fundo reserva pode ser sua salvação em determinado momento, dando-lhe tempo para se recuperar de uma pequena ou grande crise.

6. Crie um calendário financeiro

Não confie na sua mente para se lembrar de contas, impostos, pagamentos de funcionários e fornecedores, entre outros. Crie um calendário com as datas de pagamentos. Isso evitará que você tenha gastos extras, como juros e multas, mantendo as suas despesas em dia.

Tenha uma agenda com controle diário, semanal e mensal. Dessa maneira, você poderá analisar os picos da semana, do mês e do ano em que as despesas são maiores, de forma a se preparar melhor para cada momento sem ter de passar por sufocos.

Além das despesas, você também consegue analisar os picos de faturamento e direcionar suas estratégias para otimizar as vendas em datas específicas, por exemplo.

7. Corte despesas supérfluas no seu orçamento

Se o seu negócio estiver tendo mais gastos do que ganhos, está na hora de trabalhar um corte de despesas. Se você seguir as dicas anteriores, este tópico será bem fácil, pois você terá uma visão geral de onde estão os principais gastos, encontrando aqueles que são supérfluos e podem ser cortados.

Analise também se algumas despesas são realmente necessárias. Por exemplo, quantos funcionários você possui? São todos necessários? Muitas vezes, dois funcionários estão fazendo o serviço que apenas um já dá conta. Se há picos de vendas sazonais, como o Natal, pense em contratos temporários para essa data, em vez de alguém fixo trabalhando o ano inteiro.

Não deixe para fazer esse corte de despesas somente em momentos de crise ou quando o seu retorno estiver abaixo do esperado. Mesmo quando seu negócio estiver a mil, esteja sempre pronto para manter a otimização máxima e evitar desespero e dor de cabeça quando as coisas apertarem.

Aprender alguns fundamentos básicos de gestão financeira pode ajudar você a administrar o seu negócio de forma adequada, evitando transtornos desnecessários.

O ideal é saber como gerir o negócio antes mesmo de colocá-lo para funcionar. Mas nunca é tarde para colocar a casa em ordem e começar a planejar a gestão financeira do seu e-commerce.

Não é necessário ter formação superior em administração para isso. Com algumas noções básicas de gestão financeira, você já conseguirá organizar suas finanças e se preparar para manter o seu negócio funcionando sem grandes preocupações.

Deixe seu comentário no post, seja para sugerir alguma outra dica ou para tirar dúvidas. Teremos prazer em compartilhar nossas experiências!



Crie uma loja virtual descomplicada por apenas R$ 20/mês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *