6 dicas para criar a identidade visual para sua loja online

Tempo de leitura: 6 minutos

O seu produto ou serviço pode ser incrível, mas, muitas vezes, só isso não é o suficiente para fixar a sua marca na memória do consumidor. Não é desejável que o cliente force a mente até lembrar-se de em qual loja online adquiriu um produto de que tanto gostou. Por essas e outras razões, é fundamental pensar em uma adequada identidade visual para loja online.

Aquele ditado “a primeira impressão é a que fica” é válido quando falamos sobre identidade visual. E diante do alto número de concorrentes online, causar uma boa impressão, com uma identidade visual impecável, é uma solução fantástica para destacar-se entre os demais.

Você tem uma loja virtual e não sabe por onde começar a criação da sua identidade visual? Trouxemos algumas dicas para orientá-lo sobre as ações e os profissionais envolvidos na criação disso para você. Fique por dentro do processo!

Qual a importância de ter uma boa identidade visual para loja online?

Pense sobre as grandes marcas do mercado, como McDonald’s, Google ou Apple. Que imagem veio primeiro à sua mente? Tenho certeza de que foi o logotipo, as cores da marca ou, pelo menos, algum objeto em que esses ícones estejam presentes.

A identidade visual envolve o conceito de uma marca e o design. É por meio desses pilares que a sua empresa será vista e reconhecida no mercado. Uma boa apresentação agrega valor à sua marca, por isso é importante planejá-la.

A identidade visual da loja, quando vista pelo consumidor, pode indicar as suas sensações, sobressaltar o público-alvo específico, evidenciar se a marca é tradicional ou mais moderna, entre outras referências. O importante é não deixar dúvidas sobre as intenções que deseja evidenciar.

A principal ferramenta da sua identidade no mundo virtual, além do logotipo, será o seu site. Então ele deve traduzir os valores e conceitos que você deseja.

Muito mais do que refletir somente acerca de aspectos gerais do seu logotipo, os profissionais de design pensarão em estratégias. Eles entendem melhor as exigências do mercado e, por isso, é mais seguro contratar pessoal especializado para cuidar daquelas soluções.

Que dicas usar na hora de criar a sua identidade visual?

A identidade visual para um e-commerce atenderá algumas demandas específicas. Essa ideia vai ser uma ferramenta capaz de atrair e conquistar clientes. Veja, pelo menos, seis dicas para fazer bem a sua:

1. Dialogue com o seu público

Toda identidade deve envolver uma pesquisa prévia. Somente com um bom planejamento, os resultados podem atingir o público de forma mais eficaz. Por isso, uma das primeiras etapas deve ser identificar qual o público-alvo do seu negócio.

Além disso, é importante conhecer o perfil desses consumidores. Sua loja deverá encantar os clientes, então o seu site deve dialogar diretamente com eles, com uma “cara” que os agrade.

2. Defina o conceito da sua loja

Você pode ter alguma ideia definida, mas é preciso refletir bastante até achar o conceito ideal. Procure anotar todas as ideias que surgirem, una as palavras, busque seus significados e outros itens aos quais se relacionam a eles.

Se possível, ilustre. Imagens auxiliam melhor o nosso pensamento.

Discuta suas ideias com o designer ou outras pessoas (até mesmo a audiência que faz parte do seu público-alvo). Peça sugestões e opiniões, antes de escolher o conceito definitivo.



Crie uma loja virtual descomplicada por apenas R$ 20/mês

3. Crie um briefing completo

Toda pesquisa culminará em um acúmulo de informações que deve ser bem organizado. É isso que vai orientar a criação de sua identidade visual. Também é função do designer coletá-las e desenvolver esse briefing.

Um briefing deve ser iniciado com um histórico da empresa, a descrição dos produtos e/ou serviços, os principais concorrentes, suas diferenças no mercado e também os motivos para ter uma (nova) identidade visual.

Além disso, vale a pena responder algumas perguntas.

  • O quê? — quais as peças a serem criadas além do logo? O site ou algo além dele? Cartões de visitas, assinatura de e-mail, tudo pode ser incluído aqui.
  • Por quê? — qual o objetivo? Conte melhor sobre sua marca.
  • Como? — aqui, ficam as orientações para a criação da identidade. Suas marcas de referência, as possíveis ressalvas, os estilos que deseja seguir e os maiores detalhes devem ser explanados nesse tópico.
  • Onde? — qual o canal de veiculação da peça a ser criada? Como se trata de uma identidade visual para loja online, acredita-se que o principal foco seja a internet; não só o site, mas também as redes sociais.
  • Quando? — aqui, é definido o prazo de entrega do trabalho. Ele está relacionado ao valor do projeto final. Apressar o profissional pode não ser a melhor escolha, não somente pelo preço, mas pela dedicação ao seu projeto.

4. Escolha bem a tipografia

O tipo de letra também influenciará na criação do seu logotipo. Lembre-se de que ele deve ser legível e que as pessoas precisam entender o que está escrito com facilidade. As letras muito rebuscadas dificultam o processo, além de se relacionarem com conceitos mais tradicionais.

Uma tipografia muito fina pode se perder, caso a aplicação exija uma grande redução da peça visual. Como em um cartão de visitas, por exemplo. Por isso, os testes de tipografia serão imprescindíveis.

Escolher o tipo de letra é bem mais do que somente achar um lettering “bonitinho”.

5. Pense na definição das cores

As cores comunicam e despertam sensações, e se configuram em umas das questões mais importantes na criação de uma identidade visual. Para entender melhor como combiná-las bem, é importante conhecer seus significados e as sensações que passam.

Afinal, as cores quentes e frias transmitem diferentes efeitos a quem as observa.

O contato visual será intenso, então é ainda mais importante uma boa cominação de cores na sua identidade. Tons vermelhos, amarelos e alaranjados são quentes: poderão estimular os sentidos, a energia e até a fome. Já os azuis, verdes e tons de roxo são cores frias: relaxam, passam mais segurança, sabedoria e tranquilidade.

Mais uma vez, é essencial demarcar bem seus objetivos com a marca antes de decidir sobre as cores a utilizar.

6. Evite exageros

Muita informação pode confundir a cabeça do observador. Menos elementos, muitas vezes, podem comunicar melhor do que uma mistura excessiva de letras, desenhos, cores.

Pense novamente na Apple: a maçã mordida não é suficiente para reconhecer seus produtos?

Sua marca deve ser coerente e adaptável às possíveis aplicações. Evite pensar de forma tão estática. Toda inovação requer sair um pouco da zona de conforto.

A identidade visual para loja online é mais do que somente um logotipo: é uma mensagem de sua marca para o seu público-alvo. Ela afetará as pessoas, podendo ser o início de um bom e longo relacionamento com os consumidores.

Para receber outros posts como este, assine a nossa newsletter!



Crie uma loja virtual descomplicada por apenas R$ 20/mês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *